Vive na Amizade




Vive na Amizade

[Final]

Quando te perderes na escuridão
E te sentires sem ninguém
Não desanimes nessa solidão
Porque aparecerá sempre alguém
Repara no sol, na água, na flor
Vê como tudo é tão belo e natural
Repara como ainda há amor
Capaz de vencer todo o mal

Vive na Amizade, no Amor, no Bem
Podes ser construtor da Comunhão
Podes sempre amar e ajudar alguém
Basta um sorriso, um olhar, um perdão

Existiu alguém que chorou, que gritou
Foi por desespero por não sonhar
Por não saber quem magoou
Mas há sempre alguém que sabe amar
Quando vires alguém na rua a chorar
Olha para o seu olhar triste e sorri
Mostra-lhe que há tanto para amar
Deus está aqui

do sol
Quando te perderes na escuridão
la- mi-
E te sentires sem ninguém
fa do
Não desanimes nessa solidão
re- sol
Porque aparecerá sempre alguém
do sol
Repara no sol, na água, na flor
mi la-
Vê como tudo é tão belo e natural
fa do
Repara como ainda há amor
re sol sol7
Capaz de vencer todo o mal

do sol
Vive na Amizade, no Amor, no Bem
la- mi-
Podes ser construtor da Comunhão
fa sol
Podes sempre amar e ajudar alguém
do (sol) sol (do)
Basta um sorriso, um olhar, um perdão

Existiu alguém que chorou, que gritou
Foi por desespero por não sonhar
Por não saber quem magoou
Mas há sempre alguém que sabe amar
Quando vires alguém na rua a chorar
Olha para o seu olhar triste e sorri
Mostra-lhe que há tanto para amar
Deus está aqui



One thought on “Vive na Amizade”

  1. Que alegria encontrar este cântico nas minhas pesquisas!… Esta canção é original do antigo Grupo de Jovens da Pedralva, Paróquia de São Lourenço do Bairro, concelho de Anadia. Foi escolhida para representar o concelho no Dia Mundial da Juventude em Vagos (+/-1996, a confirmar ). Letra: Patrícia Cruz Almeida; Música: Margarida Barros; Interpretação: Grupo de Jovens da Pedralva. Seria muito simpático se fizessem a atualização da informação. Obrigada

Deixe uma resposta