Um olhar distante




Um olhar distante

[Não atribuída]

Hoje encontrei-me
Estava sozinho a imaginar
Sentado num olhar distante
Amava sem saber amar

Assim sentei-me
Com vontade de me abraçar
E sozinho eu procurei
Um só caminho e um só lugar

Onde vais tu?
Quando tens medo de gritar
Sabes voar…

Sabes como é bom sonhar
Onde vais tu?
Quando há vontade de gritar
Sabes voar…
Sabes como é bom sonhar

Hoje encontrei-me
Era já hora de acordar
Gritar, pintar de novo
O meu nome no teu olhar

São tatuagens que ficam (que nos marcam)
Que jamais irei apagar.
É a tua essência, o teu brilho (tua memória)
Que não se irá mais apagar.

la9 la9 (fa#) sol
Hoje encontrei-me
Estava sozinho a imaginar
la9 la9 (fa#) sol
Sentado num olhar distante
Amava sem saber amar

Assim sentei-me
Com vontade de me abraçar
E sozinho eu procurei
Um só caminho e um só lugar

la9 (fa#) sol
Onde vais tu?
la9 (fa#) sol la9 (fa#)
Quando tens medo de gritar
sol la
Sabes voar…
re9 (fa#)
Sabes como é bom sonhar
sol re9 (fa#)
Onde vais tu?
sol re9 (fa#)
Quando há vontade de gritar
sol la
Sabes voar…
la9
Sabes como é bom sonhar

Hoje encontrei-me
Era já hora de acordar
Gritar, pintar de novo
O meu nome no teu olhar

ladim sol6 fa7 ladim
São tatuagens que ficam (que nos marcam)
sol6 fa7
Que jamais irei apagar.
ladim sol6 fa7 ladim
É a tua essência, o teu brilho (tua memória)
sol6 re9
Que não se irá mais apagar.



Deixe uma resposta