Um dia assim




Um dia assim

Maresia [Escutistas, Não atribuída]

Ainda o sol se erguia nas montanhas
E já eu o admirava
E com vontade de falar de Ti
Para Ti eu cantava

O vento mostrou-me o norte
E mochila às costas segui
Para lá do firmamento
As maravilhas do mundo eu vi

Há sempre uma fogueira
Que se acende ao amanhecer
É da cor do nosso lenço
E nos ajuda a viver

E ao entardecer, já junto ao céu
Escutava o som do mar
E o murmúrio das palavras
Junto a Ele senti-me chegar

Pois quando a noite desceu
Há muito o silêncio escutava
O sabor da maresia
O dedilhar de uma guitarra

Há sempre uma fogueira
Que nos guarda ao entardecer
Que nos ilumina o caminho
E nos ajuda e vencer

Introdução: do / re9(si) / la-7 / sol (2x) sol
do re9(si) la-7 sol
Ainda o sol se erguia nas montanhas
do re9(si) la-7 sol
E já eu o admirava
do re9(si) la-7 sol
E com vontade de falar de Ti
do re9(si) la-7 sol
Para Ti eu cantava

mi- re9(/fa#) sol
O vento mostrou-me o norte
E mochila às costas segui
Para lá do firmamento
mi- re do
As maravilhas do mundo eu vi

sol re do
Há sempre uma fogueira
Que se acende ao amanhecer
É da cor do nosso lenço
E nos ajuda a viver

E ao entardecer, já junto ao céu
Escutava o som do mar
E o murmúrio das palavras
Junto a Ele senti-me chegar

Pois quando a noite desceu
Há muito o silêncio escutava
O sabor da maresia
O dedilhar de uma guitarra

solo(Guitarra): mi- / re9(/fa#) / sol (4x)

sol re do
Há sempre uma fogueira
sol re do / re9
Que nos guarda ao entardecer
sol re do
Que nos ilumina o caminho
sol re do / si-9 / re9(la#) / sol
E nos ajuda e vencer



Deixe uma resposta