Nós somos o povo do amor




Nós somos o povo do amor

Pe Leonel Claro [Não atribuída]

Uma voz percorre a terra e proclama a boa nova
Uma luz nasceu, nossa vida se renova.
Olhares perdidos, sem chama, sem brilho,
Esperam de ti um gesto amigo

Nós somos o povo que vive a verdade,
Nós somos caminho que conduz à liberdade,
Nós somos a paz, a nova canção,
Nós somos a força da libertação.

Nós somos o povo da nova aliança,
Nós somos jardim perfumado de esperança,
Nós somos a vida, um beijo, uma flor,
Nós somos o povo do amor.

O silêncio do deserto fala de sinais de morte
O futuro incerto joga na roda da sorte
Solta as amarras, olha o amanhecer
faz-te ao largo amigo e vem viver.

Esta voz vinda de longe é imagem que sorri,
É grito de amor que revela o que há em ti.
Tu amas a vida e queres cantar
Sente o apelo em ti a partilhar.

sol do sol
Uma voz percorre a terra e proclama a boa nova
mi- la- re
Uma luz nasceu, nossa vida se renova.
do sol mi-
Olhares perdidos, sem chama, sem brilho,
la- do sol re
Esperam de ti um gesto amigo

sol do sol re
Nós somos o povo que vive a verdade,
sol re do sol
Nós somos caminho que conduz à liberdade,
do re sol re mi-
Nós somos a paz, a nova canção,
do la-(re) re (sol)
Nós somos a força da libertação.

Nós somos o povo da nova aliança,
Nós somos jardim perfumado de esperança,
Nós somos a vida, um beijo, uma flor,
Nós somos o povo do amor.

O silêncio do deserto fala de sinais de morte
O futuro incerto joga na roda da sorte
Solta as amarras, olha o amanhecer
faz-te ao largo amigo e vem viver.

Esta voz vinda de longe é imagem que sorri,
É grito de amor que revela o que há em ti.
Tu amas a vida e queres cantar
Sente o apelo em ti a partilhar.

Sem áudio disponível


Deixe uma resposta