Eu estou à tua porta a bater

Eu estou à tua porta a bater
Ir. Maria Amélia Costa [Reflexão]

Eu estou à tua porta a bater
Se me abrires entrarei para ficar.
Eu preciso de ti para valer
Eu preciso de ti para enviar.

Tu serás feliz se Me procurares
Se me abrires a porta do teu coração
Se não esqueceres o meu mandamento
O amor total feito de perdão.

Tu serás feliz se sentires que és
Chamado a servir um imenso Povo,
Que sofre e que luta para ver o dia
Em que a terra tenha um rosto novo

Tu serás feliz se te abandonares
decidires mesmo em Mim confiar
Tenho-te gravado na palma da mão
Eu sou o teu abrigo, Eu sou o teu “lar”.

Tu serás feliz se souberes guardar
A minha Palavra como a criança
Que junto do Pai sabe confiar
E pela sua mão, sem medo, avança!

sol mi- Eu estou à tua porta a bater la- re7 Se me abrires entrarei para ficar. sol mi- Eu preciso de ti para valer la- re7 Eu preciso de ti para enviar. sol mi- Tu serás feliz se Me procurares do re7 Se me abrires a porta do teu coração si- mi- Se não esqueceres o meu mandamento do re7 O amor total feito de perdão. Tu serás feliz se sentires que és Chamado a servir um imenso Povo, Que sofre e que luta para ver o dia Em que a terra tenha um rosto novo Tu serás feliz se te abandonares decidires mesmo em Mim confiar Tenho-te gravado na palma da mão Eu sou o teu abrigo, Eu sou o teu “lar”. Tu serás feliz se souberes guardar A minha Palavra como a criança Que junto do Pai sabe confiar E pela sua mão, sem medo, avança!

2 comentários a “Eu estou à tua porta a bater”

Deixe uma resposta