Esperança

Esperança
Golgotha [Não atribuída]

O verde de uma árvore perdida
no interior da floresta
ou de uns olhos de criança
é o hino da minha festa
é o cantar que devo à vida
dom de Cristo minha esperança

Sorri à vida à natureza
sorri ao profundo do mar
vais ver em toda essa beleza
Jesus a sorrir-Te e a amar
(bis)

O verde de uma onda do mar calmo
refrescando o horizonte
ou do céu nele espelhado
é um sorriso em minha fronte
ao caminhar palmo a palmo
na esperança do ressuscitado

O verde de um réptil odiado
pelo chão do existir
ou da relva do caminho
é por vezes eu prostrado
pedindo a Cristo para vir
esperança de anda sozinho

sol re mi- do
O verde de uma árvore perdida
sol mi- re do re
no interior da floresta
sol re mi- do
ou de uns olhos de criança
sol mi- re do re
é o hino da minha festa
la- re
é o cantar que devo à vida
la- do re
dom de Cristo minha esperança

sol mi-
Sorri à vida à natureza
la- re
sorri ao profundo do mar
sol mi-
vais ver em toda essa beleza
do la- re (do la- sol)
Jesus a sorrir-Te e a amar (bis)

O verde de uma onda do mar calmo
refrescando o horizonte
ou do céu nele espelhado
é um sorriso em minha fronte
ao caminhar palmo a palmo
na esperança do ressuscitado

O verde de um réptil odiado
pelo chão do existir
ou da relva do caminho
é por vezes eu prostrado
pedindo a Cristo para vir
esperança de anda sozinho

Sem áudio disponível

Deixe uma resposta