Emanuel

Emanuel
[Natal]

No horizonte uma grande luz
viaja na história
Ao longo dos anos venceu as trevas,
fazendo-se Memória
E, iluminando a nossa vida,
ela nos revela
que não vive quem não procura
esta Verdade.

De mil caminhos chegámos a Roma,
guiados pela fé,
sentindo o eco da Palavra
que ressoa agora
destes muros, deste céu
para o mundo inteiro:
Cristo é o Homem Verdadeiro,
vivo em nós!

Nós aqui, sob esta mesma luz,
sob os braços da cruz,
cantamos numa voz:
é o Emanuel, o Emanuel, o Emanuel.
É o Emanuel, o Emanuel.

Da cidade em que se verteu
sangue por amor
e converteu o velho mundo
queremos partir,
seguindo Cristo, como Pedro,
renasce em nós a fé,
Palavra viva que se renova
e cresce em nós!

Um grande dom que Deus nos deu
é Cristo, o seu Filho,
a humanidade é renovada
e n’Ele resgatada.
Verdadeiro homem, verdadeiro Deus,
é o Pão da Vida,
que a todo o Homem no seu irmão
transformará.

Vencida a morte, a vida é plena,
é Páscoa em todo o mundo,
um vento sopra em cada homem,
o Espírito fecundo
que leva em frente na História
a Igreja sua esposa,
sob a guarda de Maria,
comunidade.

Devedores do passado,
dos séculos de história,
das vidas dadas por amor,
dos santos que creram,
dos homens que foram mais alto
ensinando a voar,
dos que mudaram a nossa história,
como Jesus.

Chegou uma era de primavera,
é tempo de mudar.
É hoje o dia sempre novo
para recomeçar,
mudar de rumo, com palavras novas,
encher o coração,
dizer ao mundo, a cada homem:
Senhor Jesus.

mi
No horizonte uma grande luz
si
viaja na história
la si
Ao longo dos anos venceu as trevas,
si7
fazendo-se Memória
mi
E, iluminando a nossa vida,
si
ela nos revela
la
que não vive quem não procura
fa#- si mi
esta Verdade.

De mil caminhos chegámos a Roma,
guiados pela fé,
sentindo o eco da Palavra
que ressoa agora
destes muros, deste céu
para o mundo inteiro:
fa#-
Cristo é o Homem Verdadeiro,
si7
vivo em nós!

mi la
Nós aqui, sob esta mesma luz,
fa#-
sob os braços da cruz,
re si si7
cantamos numa voz:
mi si la si si7
é o Emanuel, o Emanuel, o Emanuel.
mi si la (mi si7)
É o Emanuel, o Emanuel.

Da cidade em que se verteu
sangue por amor
e converteu o velho mundo
queremos partir,
seguindo Cristo, como Pedro,
renasce em nós a fé,
Palavra viva que se renova
e cresce em nós!

Um grande dom que Deus nos deu
é Cristo, o seu Filho,
a humanidade é renovada
e n’Ele resgatada.
Verdadeiro homem, verdadeiro Deus,
é o Pão da Vida,
que a todo o Homem no seu irmão
transformará.

Vencida a morte, a vida é plena,
é Páscoa em todo o mundo,
um vento sopra em cada homem,
o Espírito fecundo
que leva em frente na História
a Igreja sua esposa,
sob a guarda de Maria,
comunidade.

Devedores do passado,
dos séculos de história,
das vidas dadas por amor,
dos santos que creram,
dos homens que foram mais alto
ensinando a voar,
dos que mudaram a nossa história,
como Jesus.

Chegou uma era de primavera,
é tempo de mudar.
É hoje o dia sempre novo
para recomeçar,
mudar de rumo, com palavras novas,
encher o coração,
dizer ao mundo, a cada homem:
Senhor Jesus.

2 comentários a “Emanuel”

Deixe uma resposta