Drave

Drave
[Escutistas]

Venho do alto dos montes
de onde correm os rios
que te enchem o olhar

Trago na mão dois destinos
uma cruz e um amigo
um pedaço de luar

E estes dias serão mil anos
nas contas da tua vida
E esta noite será eterna
uma chama que liberta o dia

Partilhar o sol de todos os dias
Descobrir um sentido pr’aqui estar
E ao olhar o vale profundo
o Mundo gira invertido
a vida toda num segundo
e o Céu … agora é lá no fundo.

do7
Venho do alto dos montes
de onde correm os rios
fa7
que te enchem o olhar

do7
Trago na mão dois destinos
uma cruz e um amigo
fa7
um pedaço de luar

sol fa
E estes dias serão mil anos
la-7
nas contas da tua vida
sol fa
E esta noite será eterna
la-7
uma chama que liberta o dia

sol lam7 do9 sol
Partilhar o sol de todos os dias
sol lam7 do9 sol
Descobrir um sentido pr’aqui estar
la-7 si-7 do9
E ao olhar o vale profundo
re la-7
o Mundo gira invertido
si-7
a vida toda num segundo
re sol
e o Céu … agora é lá no fundo.

Sem áudio disponível

Deixe uma resposta