Decisão

Decisão
Paulo Simões [Reflexão]

Tu que és chamado e sempre dizes não
Deus precisa tanto de ti abre o teu coração
Pois Cristo não é daqueles que te quer enganar
Tu só vais se quiseres se queres tudo deixar

Quem não vive p´ra servir
Não serve p´ra viver
Não serve p´ra viver (bis)

Mas algum dia terás de decidir
Tu já não és criança dá o teu sim a sorrir
Podes pensar que em nós não há maturidade
Mas é é das crianças que vem toda a verdade

É tempo de decidir o que na vida vais fazer
Pois aos outros servir o sim não nos vais dizer
Dá todo o teu amor mesmo que faltem coisas
Pois fica sempre o perfume nas mãos de quem dá rosas

re si- sol la
Tu que és chamado e sempre dizes não
re si- sol mi- la
Deus precisa tanto de ti abre o teu coração
sol re la
Pois Cristo não é daqueles que te quer enganar
sol re la
Tu só vais se quiseres se queres tudo deixar

sol la
Quem não vive p´ra servir
re si-
Não serve p´ra viver
re la
Não serve p´ra viver (bis)

Mas algum dia terás de decidir
Tu já não és criança dá o teu sim a sorrir
Podes pensar que em nós não há maturidade
Mas é é das crianças que vem toda a verdade

É tempo de decidir o que na vida vais fazer
Pois aos outros servir o sim não nos vais dizer
Dá todo o teu amor mesmo que faltem coisas
Pois fica sempre o perfume nas mãos de quem dá rosas

1 comentário a “Decisão”

Deixe uma resposta