Vim para Te contemplar

Vim para Te contemplar
Ir. Maria Amélia da Costa [Abraço da paz, Reflexão]

VBim para te contemplF#7ar, sedEento das nascente qual veBado.
||: OlhEei, deixei-me olhF#7ar, calBei para escutG#mar,
Em vEez de contemplF#7ar fui contemplEadBo :||

VEim como Zaqueu para te vF#7er,
SentBi que ergueste os olhos para mC#mim,
OlhEar que me deu força para descF#7er,
||: E vEi tanto a mudar dentro de mBim. :||

Como aquele jovem rico e bom,
Vim insatisfeito junto a Ti,
A quem lançaste aquele olhar de amor,
||: E foi o mesmo olhar que eu senti :||

Vim com tantas coisas para dizer
O silêncio me calou e Teu olhar,
Vi que a fonte onde vinha beber,
||: Era a paz que eu senti ao regressar:||

5 comentários a “Vim para Te contemplar”

  1. E Si7 A E
    Vim para te contemplar, sedento das nascente qual veado.
    A Si7 E A
    Olhei, deixei-me olhar, calei para escutar,
    A Si7 A E
    Em vez de contemplar fui contemplado (bis)

    A Si7
    Vim como Zaqueu para te ver,
    E A
    Senti que ergueste os olhos para mim,
    A Si7
    Olhar que me deu força para descer,
    A E
    E vi tanto a mudar dentro de mim. (bis)

Deixe uma resposta