Canta a vida humanidade

Canta a vida humanidade
Movimento dos Focolares [Reflexão]

Gira a terra deixando atrás o tempo
com glórias, desencantos perdidos na memória…
Com nossas mãos
tecemos uma rede, filigrana de nós na história.

Da história, forja incandescente
de sonhos, de esperanças, de sede de infinito…
No infinito, a terra antiga e nova,
semente já florida
o sonho feito vida, a nova humanidade.

Canta a vida humanidade, canta a vida que virá,
luz desde sempre acesa em ti, luz que nunca morrerá.

E o céu encheu de cor a tua história.
E o céu encheu de cor a tua história.

do re- la
Gira a terra deixando atrás o tempo
sib fa
com glórias, desencantos perdidos na memória…
sol-
Com nossas mãos
re- sol# sol- do
tecemos uma rede, filigrana de nós na história.

Da história, forja incandescente
de sonhos, de esperanças, de sede de infinito…
No infinito, a terra antiga e nova,
semente já florida
o sonho feito vida, a nova humanidade.

fa re- sol- do
Canta a vida humanidade, canta a vida que virá,
la- re sol- do
luz desde sempre acesa em ti, luz que nunca morrerá.

re- do sib la
E o céu encheu de cor a tua história.
E o céu encheu de cor a tua história.

1 comentário a “Canta a vida humanidade”

Deixe uma resposta