Abraço do Pai

Abraço do Pai
[Acto penitencial]

Vem a correr abraçar-me, o Pai a quem ofendi
como sempre pronto a dar-me
muito mais do que eu pedi. (bis)

Não compreendo sequer como dele me afastei
e cheguei a esquecer
o amparo da sua lei. (bis)

Humilhado, arrependido, invoquei sua bondade
e logo fui acolhido
em feliz intimidade. (bis)

O Senhor tudo perdoa como se tudo esquecesse,
e a quem O atraiçoa
o Seu abraço oferece. (bis)

re- fa Vem a correr abraçar-me, o Pai a quem ofendi (fa) sol (re7) como sempre pronto a dar-me re- (la) la (re-) muito mais do que eu pedi. (bis) Não compreendo sequer como dele me afastei e cheguei a esquecer o amparo da sua lei. (bis) Humilhado, arrependido, invoquei sua bondade e logo fui acolhido em feliz intimidade. (bis) O Senhor tudo perdoa como se tudo esquecesse, e a quem O atraiçoa o Seu abraço oferece. (bis)
Sem áudio disponível

Deixe uma resposta