À força de Amor

À força de Amor
[Acção de graças, Comunhão, Final]

Peço uma oportunidade
Para ver o que ficou da minha vida
Creio que posso chegar a amar
Mostra-me os Teus caminhos Jesus

Pode acaso existir um amor
Que consiga vencer meus impossíveis
Sem limites na hora de amar
É na cruz que mo dizes Jesus

Onde encontro liberdade
Tu pagaste por mim
O resgate da minha vida
E olhando p’ra cruz entendo
Os Teus porquês
A Tua razão ao dar a vida

Me amou e se entregou por mim
Para me dar a vida com a sua vida
Para dizer ao mundo
Que o amor é o caminho
Que a vida que se entrega gera vida
À força de amor

Penso que agora posso viver
Seguro de um amor que não se acaba
E quero repetir esta loucura de amor
Seguindo-Te bem de perto Jesus

RéM DóM Peço uma oportunidade RéM SolM Para ver o que ficou da minha vida RéM SolM/Solm Creio que posso chegar a amar RéM SolM LáM RéM Mostra-me os Teus caminhos, Jesus Pode acaso existir o amor Que consiga vencer os meu impossíveis, Sem limites na hora de amar? É na cruz que mo dizes, Jesus SolM LáM RéM Onde encontro liberdade, Sim Tu pagaste por mim Mim LáM O resgate da minha vida SolM LáM E olhando p’rá cruz entendo RéM Sim Os Teus porquês SolM/Mim LáM A Tua razão ao dar a vida RéM SolM LáM RéM Me amou e se entregou por mim (bis) RéM SolM LáM Para me dar a vida com a sua vida Sim Fá#m Para dizer ao mundo SolM LáM Que o amor é o caminho SolM Mim LáM Que a vida que se entrega gera a vida RéM À força de amor

Deixe uma resposta