A fogueira

A fogueira
Desconhecido [Reflexão]

Ontem eu tive um sonho, não tinha ninguém, estava só;
perdido no mundo, e vi uma luz ao fundo.

Precisava de um Amigo, com quem conversar,
e dei-me comigo, a rezar.

Não escutava nada, só a voz do silêncio;
nada me incomodava, já nada me faltava.

Nesse dia eu vi, que tinha de mudar;
com Deus eu percebi, que só podia amar.

Como uma fogueira, que arde sem parar,
fogo forte aquece, o vento frio do ar;
também o amor, poderá aquecer
os nossos corações e ensiná-los a viver.

Hoje eu vou-te falar, de um Amigo que me faz pensar
não sei como vou dizer, mas com ele há muito que aprender.

Ele é fonte de vida, caminho de esperança.
Acreditar em Deus, dá-me força e confiança.

Tudo parece fácil, mas na realidade,
há dúvidas, barreiras e é essa a verdade.

sol si- do re Ontem eu tive um sonho, não tinha ninguém, estava só; sol si- do re perdido no mundo, e vi uma luz ao fundo. Precisava de um Amigo, com quem conversar, e dei-me comigo, a rezar. Não escutava nada, só a voz do silêncio; nada me incomodava, já nada me faltava. Nesse dia eu vi, que tinha de mudar; com Deus eu percebi, que só podia amar. do re sol mi- Como uma fogueira, que arde sem parar, do re sol mi- fogo forte aquece, o vento frio do ar; do re sol mi- também o amor, poderá aquecer do re sol mi- os nossos corações e ensiná-los a viver. Hoje eu vou-te falar, de um Amigo que me faz pensar não sei como vou dizer, mas com ele há muito que aprender. Ele é fonte de vida, caminho de esperança. Acreditar em Deus, dá-me força e confiança. Tudo parece fácil, mas na realidade, há dúvidas, barreiras e é essa a verdade.
Sem áudio disponível

Deixe uma resposta